1009

26 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Inauguração do MAAT
António Costa defende modelo de desenvolvimento criativo e competitivo
AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

06.10.2016

FOTOGRAFIA

DR

António Costa defende modelo de desenvolvimento criativo e competitivo

Portugal precisa de se inspirar num modelo de desenvolvimento assente na internacionalização, inovação e criatividade, defendeu o primeiro-ministro, ao discursar na cerimónia de inauguração do novo Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa.

 

Antes da intervenção final do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e após o discurso de abertura do presidente executivo da EDP, António Mexia, o líder do Executivo elogiou o percurso seguido pela EDP, empresa que, na sua perspetiva, tem sabido internacionalizar-se com um modelo de investimento também baseado “na criatividade, na ciência e na cultura”.

No seu discurso, António Costa classificou como decisiva para o futuro do país “a capacidade de inovação na cultura e na ciência, tornando Portugal no plano externo mais competitivo”.

E elogiou a componente arquitetónica do novo MAAT, dizendo mesmo que não precisa de ter no seu interior qualquer obra de arte, porque o edifício já é, por si, “uma notável obra artística”.

Costa destacou igualmente a importância da criação de “mais um polo para a atração turística” no eixo Belém/Ajuda.

Refira-se que o MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia é a nova proposta cultural para a cidade de Lisboa.

Trata-se de um projeto inovador que coloca em comunicação um novo edifício, desenhado pelo ateliê de arquitetura Amanda Levete Architects, e a Central Tejo, um dos exemplos nacionais de arquitetura industrial da primeira metade do século XX, e um dos polos museológicos mais visitados do país.

O MAAT traduz a ambição de apresentar exposições nacionais e internacionais com o contributo de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos.

Refletindo sobre grandes temas e tendências atuais, a programação do MAAT apresentará ainda diversos olhares curatoriais sobre a Coleção de Arte da Fundação EDP.

O novo edifício abriu já ao público com uma obra de grandes dimensões criada pela artista francesa Dominique Gonzalez-Foerster especificamente para este espaço.

A inauguração oficial contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do primeiro-ministro, António Costa, do presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e dos ministros da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, e da Economia, Manuel Caldeira Cabral, entre outras entidades oficiais.

AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

06.10.2016

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019