845

17 Out 2018

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Cultura
Disponibilização pública do espólio de Saramago é uma “homenagem à liberdade”
AUTOR

Partido Socialista

DATA

12.12.2016

FOTOGRAFIA

DR

Disponibilização pública do espólio de Saramago é uma “homenagem à liberdade”

O primeiro-ministro, António Costa, considerou a doação do espólio de José Saramago à Biblioteca Nacional como uma “homenagem à liberdade”, enaltecendo o “ato de coragem” que representa disponibilizar ao público um conjunto de textos, manuscritos, notas e correspondência do Nobel da Literatura português.

 

“Tornar público um espólio é um ato de grande coragem porque é a violação total da privacidade”, disse António Costa, no encerramento da cerimónia de doação, que decorreu no sábado em Lisboa.

O primeiro-ministro destacou depois dois significados deste ato de doação e disponibilização pública do espólio do escritor, por parte da Fundação que recebe o seu nome.

“É uma homenagem à Biblioteca Nacional, e ao papel de todas as bibliotecas, mas tem também um segundo significado”, referiu, lembrando a época da censura prévia à publicação de livros e artigos de jornal, que o escritor vivenciou.

“José Saramago pertenceu a uma geração a quem a escrita foi muitas vezes reprimida, a quem o Estado quis calar e censurar. Libertar o espólio, doando-o à Biblioteca Nacional, é uma última homenagem à liberdade”, sublinhou.

António Costa referiu ainda que a divulgação do espólio torna público “o que está hoje publicado, mas também o que até agora estava nas gavetas.” “É um bom ato de libertação e é um grito pela liberdade”, concluiu o chefe do Governo.

Os textos de Saramago ficarão agora disponíveis ao público na Biblioteca Nacional, sem necessidade de autorização prévia para a consulta, cumprindo o desejo do escritor.

Entre os documentos doados encontra-se o original do romance ‘O ano da morte de Ricardo Reis’, assim como o diploma do Nobel da Literatura, atribuído a Saramago em 1998.

Sem contrapartidas financeiras, a doação inclui uma “cláusula de colaboração permanente” com a Fundação Saramago, proporcionando um novo impulso à identificação e catalogação do espólio, que está ainda por concluir.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

12.12.2016

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1411
Maio 2018