1026

19 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Programa Capitalizar
Cinco novas linhas de crédito levam 1600 milhões às PME
AUTOR

Partido Socialista

DATA

17.01.2017

FOTOGRAFIA

DR

Cinco novas linhas de crédito levam 1600 milhões às PME

No âmbito do programa Capitalizar, o Governo lançou ontem cinco novas linhas de crédito destinadas ao apoio às Pequenas e Médias Empresas (PME), no montante global de 1600 milhões de euros.

 

“Com o lançamento destas novas linhas, vamos ter um conjunto completo de instrumentos de financiamento às empresas”, afirmou o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, acrescentando que esta medida “inclui instrumentos de investimento de projetos 2020, de definição de tetos de tesouraria ou de fundos de maneio”, respondendo assim “de forma ampla e abrangente às necessidades de todas as empresas portuguesas”, destacando, em particular, as empresas exportadoras.

“As empresas precisam claramente de investimento e precisam destas linhas, que podem ser com prazos de três a 10 anos, prazos relativamente amplos para poderem investir com confiança”, reforçou ainda Manuel Caldeira Cabral, salientando que “estas são linhas complementares aos instrumentos que já tinham sido lançados”.

 

Linhas de crédito Capitalizar

As cinco linhas de Crédito Capitalizar são destinadas a PME com montantes de financiamento por empresa entre os 25 mil e os dois milhões de euros.

A linha Micro e Pequenas Empresas tem uma dotação de 400 milhões de euros, tendo como objetivo potenciar o acesso a financiamento para investimentos em ativos e reforço de capitais.

A linha Fundo de Maneio tem uma dotação de 700 milhões de euros e visa alargar as restrições do uso de operações para reforçar o Fundo de Maneio ou Capital.

A linha de definição de tetos (plafond) de Tesouraria conta com 100 milhões de euros e tem como meta apoiar a introdução de plafonds de crédito em condições acessíveis para todas as empresas.

A linha Investimento Geral, que também conta com 100 milhões de euros, tem como objetivo financiar investimentos em ativos com elevado prazo de recuperação.

Por fim, a linha Investimento Projetos 2020 tem uma dotação de 300 milhões de euros.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

17.01.2017

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019