886

14 Dez 2018

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Comentário Duarte Moral
“Anda comigo ver os aviões”… *
AUTOR

PS

DATA

05.05.2015

FOTOGRAFIA

Pedro da Silva

“Anda comigo ver os aviões”… *

1 - O Governo – através do intrépido ministro Pires de Lima – decidiu “cavalgar” a (desproporcional, pouco aceitável e, obviamente, impopular) greve dos pilotos da TAP, fazendo dela uma espécie de “cavalo de Tróia” no apressado processo de privatização da nossa companhia área de bandeira e uma das empresas mais queridas dos portugueses.

 

Uma operação de “encobrimento” do essencial: a poucos meses do fim da legislatura é inaceitável que o Governo queira deixar como herança para o futuro Executivo uma decisão desta importância estratégica (que vai muito para além da financeira) para o país, sem sequer tratar de envolver no tema os partidos da oposição e, designadamente, o Partido Socialista. Uma pressa que, como diz o povo, é sempre má conselheira e que, neste caso, não poderá deixar de ser considerada incompreensível e que, a manter-se, só poderá fazer com que a sua razão profunda seja, mais cedo ou mais tarde, apurada em todo o pormenor. Esta greve – apesar de também ela incompreensível - seria uma boa hipótese para o Governo cumprir aquela tripla regra de trânsito e de bom senso: pare, escute e olhe. Mas entre este Governo da direita e bom senso há manifestamente uma insanável incompatibilidade.

2 – Por estes dias, o tal do bom senso parece ser mesmo algo completamente afastado de tudo o que diga respeito a aviões e à direita a que temos direito. Revelando o seu absoluto e apurado sentido de Estado, o senhor Presidente da República – a caminho da Noruega – decidiu fazer uma série de considerandos sobre a data das eleições legislativas numa conversa de corredor de avião com os jornalistas que o acompanhavam, sem ainda ter sequer abordado o assunto com os partidos com representação parlamentar, conforme determina a Constituição. Minudências, claro.

3 – Longe dos aviões, em terra (aparentemente) firme, mas não menos extraordinariamente, ficámos também a saber por estes dias que, na opinião do ainda primeiro-ministro de Portugal, o paradigma do bom empreendedor da sociedade lusa é o Dr. Manuel Dias Loureiro. É bom saber.

 

Duarte Moral

 

*Título roubado a Os Azeitonas: “Anda comigo ver os aviões levantar voo/ A rasgar as nuvens/ Rasgar o céu”

 

AUTOR

PS

DATA

05.05.2015

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1411
Maio 2018