1034

31 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Previsões da Comissão Europeia
Revisão não tem impacto no cenário macroeconómico do PS
AUTOR

PS

DATA

05.05.2015

FOTOGRAFIA

Jorge Ferreira

Revisão não tem impacto no cenário macroeconómico do PS

O deputado socialista João Galamba afirmou hoje que a alteração das previsões económicas da Comissão Europeia “não tem qualquer impacto” no exercício feito pelo grupo de economistas mandatado pelo PS. 

 

Em declarações à Lusa, João Galamba, um dos 12 economistas que redigiram o relatório sobre o cenário macroeconómico encomendado pelo PS, explicou que o exercício do grupo de trabalho foi o de “calcular variações face a um cenário base, seja qual for esse cenário base”.

“Aquilo que estamos a estimar é, com aquelas políticas, quanto aumenta o produto e o emprego e quanto desce o défice e a dívida pública”, disse João Galamba, adiantando que a mudança do cenário base “é indiferente” ao impacto das medidas previstas, que se mantém.

Bruxelas atualizou hoje as previsões para a evolução da economia e das finanças públicas de Portugal. Para 2015, a Comissão Juncker manteve a previsão de crescimento económico (nos 1,6%), alterando ligeiramente a do défice orçamental (para os 3,1% do PIB, acima dos 3% definidos pelas regras europeias e da meta definida pelo Governo) e a da dívida pública (para os 124,4%).

O deputado socialista defendeu que "o estudo do PS só estaria desatualizado se os impactos das medidas propostas fossem revistos”, sublinhando que “não foi esse o caso” e que “se se cumprirem as previsões [europeias], isso só torna os resultados finais [previstos no relatório] ainda mais plausíveis”.

 

AUTOR

PS

DATA

05.05.2015

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019