1045

16 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Entrevista ao ABC
Portugal afirma-se como país atrativo ao investimento e modelo de estabilidade e recuperação económica
AUTOR

Partido Socialista

DATA

14.02.2018

FOTOGRAFIA

dr

Portugal afirma-se como país atrativo ao investimento e modelo de estabilidade e recuperação económica

Por ocasião da sua visita a Madrid, na passada semana, António Costa concedeu uma entrevista ao periódico ABC, na residência do embaixador de Portugal na capital espanhola, publicada este domingo.

 

Ocasião para o líder do Governo português abordar o interesse, cada vez mais manifesto, de um olhar externo para Portugal como modelo de sucesso, na recuperação económica, na redução do défice, da dívida e do desemprego, e como foco de atração de investimento, conseguindo-o com uma solução governativa “improvável” e que inverteu o caminho austeritário.

“Tivemos a capacidade de estabelecer objetivos que se mantiveram apesar da mudança de governo e de políticas. Havia vários caminhos para chegar à meta e hoje temos um crescimento económico sólido, sustentado no investimento privado – muito do qual é estrangeiro –, e um crescimento nas exportações de 11%, que está a ser o grande motor da recuperação económica”, afirmou António Costa, explicando como o país conseguiu alcançar, nestes dois anos, os resultados do que muitos têm classificado como o “milagre económico” português.

“Além disto, fizemos também mudanças ao nível das políticas sociais promotoras de uma maior coesão”, acrescentou o líder do Executivo, acentuando o papel central na estratégia do Governo português da recuperação “da confiança dos cidadãos através da reposição dos rendimentos das famílias e de uma grande redução do desemprego”.

Na entrevista, que pode ser lida na íntegra aqui, António Costa aborda ainda as relações entre Portugal e Espanha, os desafios estratégicos comuns que se colocam, ao nível das interconexões, das infraestruturas e da valorização dos territórios, assim como as oportunidades resultantes da reconfiguração do espaço da União Europeia, em consequência da saída do Reino Unido.

 

AUTOR

Partido Socialista

DATA

14.02.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019