1070

21 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Sensibilização cívica
Governo promove campanha contra abandono de animais
AUTOR

Partido Socialista

DATA

02.04.2018

FOTOGRAFIA

dr

Governo promove campanha contra abandono de animais

Inverter a tendência que tem vindo a verificar-se nos últimos anos, de aumento crescente do abandono de animais de companhia, apelando a uma “adoção responsável”, é o objetivo da campanha de sensibilização pública que o Governo está a promover contra o abandono de animais.


Durante uma visita às instalações da Casa dos Animais, em Lisboa, iniciativa que se inseriu no roteiro da campanha, o ministro Luís Capoulas Santos insistiu na importância da “adoção responsável” de animais de companhia, defendendo que “as casas de acolhimento não devem ser transformadas em depósitos de animais por tempo indeterminado”.
Capoulas Santos referiu que o Governo disponibilizou já cerca de 500 mil euros para ações de esterilização e um milhão de euros para apoiar o reequipamento e modernização das instalações de acolhimento, os chamados Centros de Recolha Oficial.
“Muitas vezes é muito enternecedor levar um animal para casa, sem medir as consequências e as obrigações que decorrem desse ato”, apontou o governante, realçando que “os animais são seres sensíveis e devem ser tratados de acordo com o seu estatuto, que felizmente é cada vez mais elevado nas sociedades civilizadas”.
Neste sentido, salientou que os adotantes devem ter “um conhecimento mínimo” do que são os hábitos, as necessidades, a alimentação e a saúde dos animais de companhia, reforçando a ideia da importância de uma “adoção responsável”.
Da responsabilidade da Direção Geral de Alimentação e Veterinária, a campanha contra o abandono de animais de companhia visa sensibilizar o público em geral, através dos meios de comunicação e da distribuição de folhetos, com mensagens positivas, informação sobre esterilização, necessidades legais e de saúde, assim como de apelo à adoção através dos Centros de Recolha Oficial ou nos Alojamentos Sem Fins Lucrativos - Associações de Proteção Animal.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019