990

24 Maio 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Solidariedade
Defesa Nacional recebe estudantes sírios
AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

28.06.2018

FOTOGRAFIA

dr

Defesa Nacional recebe estudantes sírios

O Governo socialista de Portugal e a tutela da Defesa Nacional associam-se, mais uma vez, à Plataforma Global de Apoio Académico aos Estudantes Sírios “para mobilizar as capacidades das Forças Armadas a favor destes jovens”, afirmou o ministro Azeredo Lopes, no encontro realizado no Forte de São Julião da Barra, Oeiras.

 

Perante um grupo constituído por 53 jovens, que descreveu como “extraordinários”, o governante disse esperar que sejam muito felizes em Portugal e se sintam “em casa”, manifestando o desejo de que “o povo sírio possa viver em paz e harmonia”.

“Aguardamos pelo dia em que tenham a liberdade para escolher voltar e ajudar a reconstruir o vosso país, alicerçado na solidariedade, no respeito mútuo, como uma sociedade livre e pacífica, na qual as pessoas possam reconhecer o seu potencial e serem disponíveis umas para as outras”, declarou.

Para Azeredo Lopes, esta iniciativa reveste-se de uma característica importante: a Plataforma Global de Apoio Académico permite que os jovens sírios prossigam os seus estudos superiores.

Desta forma, o nosso país não se limita a oferecer abrigo e a removê-los de um cenário hostil, dando-lhes ainda a possibilidade de continuar o seu projeto de vida.

“Acredito que Portugal, sendo uma sociedade aberta, deve manter esta capacidade de acolher, de receber”, defendeu, sublinhando que o acolhimento destes estudantes “obriga também a olhar para o outro, a compreender o outro”.

De salientar que o grupo de estudantes, o quarto a chegar a Portugal no âmbito da ação da organização liderada e fundada em 2013 por Jorge Sampaio, vai ficar instalado na Academia Militar até 30 de junho.

Na ocasião, o antigo Presidente da República e fundador da plataforma, destacou o sucesso dos grupos anteriores, informando que “desde os primeiros que vieram, 47 estudantes já fizeram os seus mestrados com excelentes notas”.

AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

28.06.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019