867

19 Nov 2018

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

EDUCAÇÃO
Governo e professores regressaram às negociações
AUTOR

João Quintas

DATA

12.07.2018

FOTOGRAFIA

dr

Governo e professores regressaram às negociações

“O Governo e as estruturas sindicais representativas dos professores retomaram as negociações relativas à contagem do tempo para recomposição da carreira após o seu congelamento”, refere o Governo em comunicado.

 

O novo encontro entre o Governo e algumas organizações sindicais teve lugar ontem, dia 11 de julho, em Lisboa.

O mesmo comunicado revela que o Executivo “propôs uma reunião, a decorrer ainda durante o mês de julho, em que uma comissão técnica conjunta irá esclarecer cabalmente o impacto financeiro dessa recomposição”.

Foi ainda proposto aos sindicatos “um calendário no qual se prevê que as negociações com os sindicatos sejam efetuadas durante o mês de setembro”.

O Governo reitera “a intenção de cumprir os termos da Declaração de Compromisso assinada a 18 de novembro de 2017”, sendo que, “para isso, propõe-se negociar com as estruturas sindicais a mitigação dos efeitos do congelamento, garantindo a sustentabilidade financeira, uma vez que os cálculos disponíveis indicam que não é possível a contagem integral do tempo”, refere o comunicado, que termina com a expectativa do Governo poder ser “acompanhado pelas organizações sindicais nesta abertura ao processo negocial”.

No final do encontro, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, afirmou que “O Governo compromete-se a fazer caminho nesta negociação".

O governante entende que é necessário “ter premissas comuns, uma pedra basilar que seja comum, que não seja de nenhuma forma algo que possa distorcer o nosso diálogo e nesse sentido termos números que sejam sólidos e que sejam entendidos por ambas as partes como robustos", disse Brandão Rodrigues.

AUTOR

João Quintas

DATA

12.07.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1411
Maio 2018