1008

25 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

PS/Açores
Secretariado Regional “motivado para construir as melhores respostas para os açorianos”
AUTOR

Partido Socialista

DATA

22.10.2018

FOTOGRAFIA

dr

Secretariado Regional “motivado para construir as melhores respostas para os açorianos”

“O Secretariado Regional do Partido Socialista eleito nesta reunião da Comissão Regional está motivado, em primeiro lugar, não apenas para os combates eleitorais que se avizinham, mas para uma tarefa que é de todos os dias: Construir as melhores respostas para as Açorianas e para os Açorianos”, afirmou Vasco Cordeiro, este sábado, durante a reunião da Comissão Regional que se realizou em Ponta Delgada.

 

O Secretariado Regional do PS/Açores eleito para o biénio 2018/2020 traduz uma renovação na ordem dos 35%, tendo como novos elementos André Franqueira Rodrigues, Berto Messias, Isabel Rodrigues, José Toste, Maria Beatriz Rodrigues, Nuno Miranda, Tiago Branco e Vítor Fraga. Mantém-se neste orgão Ana Luísa Pereira Luis, André Bradford, André Gambão Rodrigues, Bárbara Chaves, Bruno Pacheco, Cristina Calisto, Francisco Coelho, Francisco César, José San-Bento, Luis Maciel, Miguel Costa, Mónica Oliveira, Ricardo Rodrigues, Roberto Monteiro e Sérgio Ávila.

Vasco Cordeiro destacou um Partido comprometido com o “progresso” e o “desenvolvimento” da Região, encontrando “as respostas melhores respostas” para os desafios nas áreas da saúde, emprego, transportes, entre outros. Numa reunião “particularmente produtiva” e com um debate “vivo”, foram discutidas as Moções Setoriais apresentadas no último Congresso do PS, com destaque para aquele que “deve ser um continuo esforço por parte do Partido Socialista Açores, de impulsionar um conjunto de medidas, que vão ao encontro daquelas que são as necessidades, sobretudo dos que estão numa situação de maior fragilidade na nossa sociedade – os idosos, as crianças”, adiantou Vasco Cordeiro.

Os membros da Comissão Regional debateram, também, as orientações do Partido Socialista sobre a Reforma da Autonomia, “concretizando aqueles que são os aspetos que já constavam da Moção”, nomeadamente em relação à proposta de extinção do Cargo de Representante da República - “mantendo-se as suas competências na Região” e respeitando a perspetiva “Açoriana e Autonomista quanto ao passo seguinte neste processo”.

A relação que se estabelece entre o poder local e o poder regional e os elementos de qualificação da democracia, foram outras das matérias abordadas durante a discussão da Reforma da Autonomia.

O presidente Vasco Cordeiro salientou, ainda, que os Orçamentos da República e da Região para 2019 estiveram em análise durante a reunião da Comissão Regional. No caso do Orçamento de Estado realçou a “resposta positiva por parte do Governo da República do Partido Socialista em relação a questões que são de importância fundamental para a nossa Região, do ponto de vista até infraestrutural, do ponto de vista financeiro – cumprindo aquela que é a Lei de Finanças da Regiões Autónomas -, mas também do ponto de vista de investimentos e de atenção em relação a novas áreas”.

Vasco Cordeiro referiu o caso do Observatório do Atlântico, “que tem a consagração formal ao nível do Orçamento de Estado”, e do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, “no seguimento de um processo que já está em curso e que, lembrou, foi este Governo da República do Partido Socialista que pôs esse dossiê num estádio de concretização que permitirá lançar o mais rapidamente a primeira fase da construção, em colaboração com o Governo Regional dos Açores, que cedeu o terreno”.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

22.10.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019