1024

17 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

PAC
Agricultores recebem 486ME do Governo
AUTOR

João Quintas

DATA

28.12.2018

FOTOGRAFIA

dr

Agricultores recebem 486ME do Governo

O Ministério da Agricultura vai pagar mais de 486 milhões de euros aos agricultores portugueses. O pagamento, que será realizado na próxima segunda-feira, dia 31, insere-se nos apoios da PAC.

 

O Governo anunciou que o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural irá efetuar mais um pagamento das ajudas aos agricultores no último dia do ano. Trata-se de uma verba global superior a 486 milhões de euros, inscrita nos apoios da Política Agrícola Comum da União Europeia, financiada por fundos nacionais e comunitários.

Os apoios financeiros do Ministério liderado por Capoulas Santos serão realizados paga através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) e preveem, entre outros, o pagamento na ordem de 4 milhões de euros aos agricultores da Região Autónoma dos Açores e de cerca de 8 milhões de euros aos agricultores da Região Autónoma da Madeira.

Com mais este montante, as ajudas pagas pelo Executivo de António Costa aos agricultores portugueses, em 2018, atingem 1.440 milhões de euros.

 

50% de execução do Programa de Desenvolvimento Rural 2020

"Portugal, com 50% de execução do PDR 2020, está muito acima da média de execução dos Estados-Membros, que se situa nos 36,8%, afirmou o ministro Capoulas Santos.

“O Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020 apresenta cerca de 8 meses de avanço sobre o programa anterior em termos de execução", revelou o governante.

Capoulas Santos destacou ainda que, no âmbito do PDR 2020, foram contratados cerca de 30 mil projetos, a que corresponde um apoio público que ultrapassa os dois mil milhões de euros, já em execução.

Nas declarações proferidas no âmbito da audição parlamentar que decorreu no passado dia 13, o ministro da Agricultura anunciou que o PDR 2020 acolheu mais de 258 mil candidaturas, sendo que, cerca de 65 mil correspondem a projetos de investimento nas explorações agrícolas, na agroindústria, em infraestruturas e nas florestas.

O volume de projetos ultrapassa largamente o número apresentado ao longo do anterior quadro de apoio, o que é tanto mais significativo se tomarmos em linha de conta que só agora entrámos na segunda metade do período de vigência do quadro, sublinhou o titular da pasta da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

"Esta procura de apoio público corresponde a uma dinâmica de crescimento muito positiva, traduzida numa disponibilidade de investimento que está a ser direcionada para este setor", afirmou Capoulas Santos.

AUTOR

João Quintas

DATA

28.12.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019