1107

12 Dez 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Associação Ephemera
António Costa elogia trabalho de preservação da memória coletiva
AUTOR

Partido Socialista

DATA

25.01.2019

FOTOGRAFIA

dr

António Costa elogia trabalho de preservação da memória coletiva

O primeiro-ministro, António Costa, enalteceu ontem a qualidade “notável” do trabalho desenvolvido pela associação cultural ‘Ephemera’ – Biblioteca e Arquivo do historiador José Pacheco Pereira, no campo da história contemporânea de Portugal, destacando o seu enorme contributo para a preservação da memória coletiva.

 

“Este trabalho de preservação da memória histórica da ditadura em Portugal, da revolução, da consolidação da nossa democracia e da integração europeia - este fio condutor - é de uma enorme importância”, sublinhou António Costa, no final de uma visita ao espaço onde funciona a associação, na antiga zona industrial do Barreiro, acompanhado pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, e pelo presidente da autarquia do Barreiro, o socialista Frederico Rosa.

Lembrando a amizade que desenvolveu com Pacheco Pereira, o primeiro-ministro salientou a sua “elevada qualidade” como historiador, trabalho do qual destacou a biografia sobre Álvaro Cunhal, a par de “uma capacidade militante para recolher tudo, sejam documentos clandestinos, sejam objetos de campanhas autárquicas” e de um “gosto ilimitado” pela preservação da memória, de que é exemplo o trabalho documental que se pode testemunhar neste espaço.

A ‘Ephemera’ é uma associação cultural sem fins lucrativos, com 150 voluntários dedicados à preservação e divulgação de elementos diversos que caracterizam ou simbolizam uma determinada época histórica, sobretudo no plano nacional, guardando no seu espaço, entre o ser vasto acervo documental, centenas de cartazes de partidos políticos do pós-25 de Abril de 1974, assim como largos milhares de materiais diversos de propaganda política.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019