1069

18 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Parlamento
Aumento da idade da reforma não está nos planos do Governo nem do PS
AUTOR

Partido Socialista

DATA

15.04.2019

FOTOGRAFIA

jorge ferreira

Aumento da idade da reforma não está nos planos do Governo nem do PS

A deputada socialista Carla Tavares assegurou que não é intenção do Governo, e “muito menos” do PS, aumentar a idade de reforma em três anos, considerando que o estudo divulgado na última sexta feira, que aponta para essa possibilidade, é “insuficiente” por ignorar vários aspetos sobre as contas da Segurança Social.

 

“Tendo sido hoje [sexta-feira] tornado público um estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos sobre pensões, o grupo parlamentar do Partido Socialista não pode deixar de referir, e tendo em conta algum alarme que possa ser suscitado na sequência desse mesmo estudo, que não passa pela intenção do Governo e, muito menos, pela do Partido Socialista aumentar a idade de reforma em três anos”, garantiu a deputada, em declarações no Parlamento.

Carla Tavares secundou a posição que já tinha sido defendida pelo ministro Vieira da Silva, considerando este estudo “insuficiente” ao centrar as suas conclusões na necessidade do aumento da idade da reforma, ignorando assim aspetos essenciais como o “aumento das contribuições que têm feito com que as contas da Segurança Social tenham ao longo destes últimos quatro anos atingido um valor que hoje pode-se dizer ser confortável”.

Deste percurso, a parlamentar do PS destacou o excedente do Fundo de Estabilidade da Segurança Social e o “aumento da receita de 8% no primeiro trimestre de 2019”.

Para Carla Tavares, “estes são os dados que devem ser salientados”, alertando para a necessidade de uma análise cuidadosa deste estudo, sobretudo porque “pode ter subjacente um efeito perverso”, o de pretender “conduzir ao que o Partido Socialista sempre recusou: a opção pela privatização dos fundos de pensões”.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

15.04.2019

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019