1069

18 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Incêndio de Notre-Dame
Consternação e solidariedade
AUTOR

Partido Socialista

DATA

16.04.2019

FOTOGRAFIA

dr

Consternação e solidariedade

O primeiro-ministro e líder socialista, António Costa, expressou ao Presidente de França, Emmanuel Macron, e à presidente da Câmara de Paris, Anne Hidalgo, uma mensagem de solidariedade pelo incêndio na Catedral de Notre-Dame, na capital francesa, considerando que “é um pouco da história da Europa que desaparece” com o trágico acontecimento de segunda-feira.

 

“Acabo de transmitir a minha solidariedade ao Presidente da República, Emmanuel Macron, e à presidente da câmara, Anne Hidalgo pelo terrível incêndio na Catedral Notre Dame de Paris. É um pouco da nossa história da Europa que desaparece sob as chamas”, refere a mensagem de António Costa.

Também a ministra da Cultura, Graça Fonseca, expressou solidariedade numa mensagem ao seu homólogo francês, Franck Riester, caraterizando o ocorrido como um “momento terrível para França e para o mundo”, dando conta da “disponibilidade do Governo português no apoio às autoridades francesas”.

O impressionante incêndio na Catedral de Notre-Dame, em Paris, começou cerca das 18h50 locais (17h50 em Portugal) de segunda-feira, destruindo por completo a cobertura e originando o desmoronamento do pináculo. Após um combate que durou cerca de 15 horas, as chamas foram extintas, conseguindo-se salvar a estrutura e as duas torres principais do monumento histórico mais visitado do continente, no que ficará marcado como “um dia triste para França, para a Europa e para o Mundo”, como fez também questão de assinalar o candidato socialista ao Parlamento Europeu, Pedro Marques.

As reações de consternação e solidariedade perante as imagens “devastadoras” chegadas da capital francesa foram também partilhadas pelo autarca da capital portuguesa. “Lisboa sente esta perda, de um património que é de toda a humanidade, como se fosse sua e estreita ainda mais a amizade com Paris e todos os parisienses”, referiu Fernando Medina.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

16.04.2019

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019