1068

17 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

SNS
Governo reforça aposta na saúde de proximidade
AUTOR

João Quintas

DATA

21.01.2019

FOTOGRAFIA

dr

Governo reforça aposta na saúde de proximidade

O primeiro-ministro reafirma que a saúde é uma prioridade do Governo e defende cuidados de saúde mais diversificados e de maior proximidade.

 

“Um dos grandes ganhos que o 25 de Abril nos deu foi o Serviço Nacional de Saúde (SNS). Contudo, o SNS já não pode ser só o grande hospital, mas sim uma porta de proximidade que leva os cuidados de saúde, cada vez mais diversificados a cada uma das pessoas”, considera o primeiro-ministro, António Costa.

Na inauguração do centro de saúde e serviço de urgência básica de Vila Nova de Foz Côa, distrito da Guarda, que decorreu na passada sexta-feira, dia 18, António Costa salientou a importância do investimento na melhoria da rede de cuidados continuados e nos cuidados de saúde primários, por forma a garantir serviços públicos de proximidade nos territórios do interior.

Para o também Secretário-geral do PS, os cuidados continuados integrados e cuidados de saúde primários constituem prioridades no quadro do investimento no SNS. É por isso que “ao longo dos últimos anos se tem investido na melhoria das unidades de cuidados de saúde primários”, sublinhou.

“Precisamos de melhores cuidados de saúde, e hoje, uma população mais envelhecida precisa de mais cuidados continuados, sendo esta uma linha de investimento muito importante, onde o Governo trabalha em parceria com as Misericórdia, com Instituições Particulares de Solidariedades Social (IPSS) ou as mutualidades”, referiu António Costa.

O chefe do Executivo afirmou que “temos estado a alargar as Unidades de Saúde Familiar (USF), para chegarmos à centena, como nos propusemos fazer nestes quatros anos de Governo. E este ano vamos conseguir cumprir este objetivo”, avançando que, além dos 43 equipamentos que estão a ser requalificados, estão em construção 43 novos centros de saúde, o que irá permitir que a rede passe a dispor de 112 (USF).

Na cerimónia de inauguração do equipamento de saúde em Vila Nova de Foz Côa, o qual resultou de um investimento na ordem de 1,5 milhões de euros, o primeiro-ministro esteve acompanhado pela ministra da Saúde, Marta Temido.

AUTOR

João Quintas

DATA

21.01.2019

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019