1069

18 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Carlos César
“Importa mantermos a energia e contarmos com a mobilização de todos”
AUTOR

Partido Socialista

DATA

17.12.2018

FOTOGRAFIA

Observador

“Importa mantermos a energia e contarmos com a mobilização de todos”

O presidente do Partido Socialista, Carlos César, afirmou ontem, na sessão de encerramento do XXI Congresso da JS, que o país está melhor e que este é o caminho que importa prosseguir.

 

“O nosso país está melhor, melhora dia a dia, mas estamos a fazer um caminho que ainda está incompleto. E, por isso, para lá da satisfação, o que importa é mantermos a nossa energia, é mantermos o nosso entusiasmo e é contarmos com mobilização de todos”, disse o também líder parlamentar socialista.

Carlos César aproveitou a eleição da nova Secretária-geral da Juventude Socialista, Maria Begonha, para apelar à mobilização de todos os socialistas para os próximos desafios eleitorais.

Para além das eleições regionais da Madeira, 2019 será marcado também pelas eleições para o Parlamento Europeu e para a Assembleia da República. Nesse sentido, Carlos César apelou à mobilização dos socialistas para “uma grande vitória de que o Partido Socialista necessita e do reforço da sua implantação eleitoral no país”, que lhe permita prosseguir o caminho trilhado nestes últimos três anos de governação.

O presidente do PS falou perante centenas de jovens socialistas lembrou que “a juventude foi dos setores mais penalizados pela governação PSD/CDS. São incontáveis os milhares de jovens que tiveram de ir buscar noutras paragens a sua qualificação ou um emprego condizente com as suas aspirações e a sua vocação. E é por isso também importante que o governo presidido pelo camarada António Costa tenha tido como prioridade a concessão de incentivos para fazer regressar aqueles que foram compelidos a partir, mas que desejam voltar a dar o seu contributo ao país, entre os quais muitos milhares de jovens. Estamos orgulhosos da mudança que fizemos, desse tempo de desilusão para este tempo em que exercitamos a esperança”, disse.

“Mas é fundamental que não nos fiquemos pela satisfação, pelo deslumbramento, como se tivéssemos passado do inferno para o céu. Para os mais crentes nessas transições da geografia dos afetos extraterrestres, não passámos ainda do inferno para o paraíso, estamos ainda num purgatório. Mas vê-se, ao longe, uma luz de um tempo melhor”, acrescentou.

Para Carlos César, “essa esperança, essa luz de um tempo melhor, deve-se, sem dúvida, à governação liderada pelo Partido Socialista”.

Carlos César diz-se confiante e garante que o PS não tem menos ambição do que os parceiros de coligação no Governo da República.

“Nós temos consciência de que os nossos aliados – PCP, BE e PEV – ao longo desta legislatura, deram um contributo para todos estes progressos que alcançámos. Mas há uma coisa que é preciso que se diga: nem o BE, nem o PCP nem o PEV têm mais ambição do que o PS e Juventude Socialista”, concluiu.

 

 

AUTOR

Partido Socialista

DATA

17.12.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019