1070

21 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Legislativas na Madeira
Jovens têm papel determinante no desenvolvimento que a Região merece
AUTOR

Partido Socialista

DATA

12.09.2019

FOTOGRAFIA

dr

Jovens têm papel determinante no desenvolvimento que a Região merece

Criar mais e melhor emprego, com oportunidades para fixar os jovens e estancar a sua saída da Região, é um dos grandes objetivos assumidos por Paulo Cafôfo para a presidência do Governo da Madeira.

 

O candidato socialista participou, esta quarta-feira, na iniciativa ‘Quartas da Juventude’, promovida pela JS-Madeira, um encontro durante o qual falou com os jovens sobre os desafios para os próximos 10 anos.

Paulo Cafôfo deu conta do facto de 14 mil pessoas terem saído da Região entre os anos de 2011 e 2018, sendo que a maioria desses emigrantes são jovens. Daí que o projeto do PS tenha como uma das prioridades a criação de oportunidades, de modo a “estancar a saída de jovens para a emigração”.

“Nós temos de reter talentos, de fixar a juventude, porque a Região, para se desenvolver de uma forma coesa e equitativa, precisa da juventude”, vincou o candidato, afirmando contar com a geração mais bem preparada de sempre para ajudar a ter uma Madeira mais forte, mais justa e mais competitiva.

O candidato do PS propõe-se a solucionar alguns dos problemas que mais preocupam as gerações mais jovens, a começar pela questão do emprego. Tal como explicou, é preciso inovar e investir em setores tradicionais, como a agricultura, mas também no turismo, que é um setor alavanca e transversal a toda a economia da Região e que “necessita desta juventude qualificada”. Por outro lado, acrescentou, há igualmente que incentivar e investir em novos setores, sendo a economia do mar uma das apostas.

Paulo Cafôfo atribui, também, particular ênfase à criação de programas específicos de habitação virada para os jovens, nomeadamente de arrendamento acessível, “porque quem quiser iniciar a sua vida e constituir família precisa de ter uma habitação condigna para poder ter os alicerces para suportar a vida que merece”.

Na sua intervenção, o cabeça de lista do PS frisou igualmente que a preparação do futuro passa por uma aposta forte na educação. Nesse sentido, assegurou que, com um governo socialista, a escolaridade obrigatória (até ao 12º ano) será gratuita no que se refere aos manuais, à alimentação e aos transportes.

“O maior ativo da Região são as pessoas”, vincou, salientando que as “pessoas qualificadas terão mais oportunidades, terão uma melhor vida, mas, acima de tudo, ajudarão nos próximos 10 anos a que a Madeira possa desenvolver-se e atingir outro patamar de crescimento como merece”.

Um novo modelo de desenvolvimento económico e social, que pensa o futuro da Região a 10 anos e que pensa no futuro das novas gerações, concretizou Paulo Cafôfo, é a ambição preconizada pela proposta do PS, construindo soluções para que os mais jovens possam ter oportunidades para vencer, com qualidade de vida, com esperança e com motivação.

 

 

AUTOR

Partido Socialista

DATA

12.09.2019

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019